ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL PODE GARANTIR DENTES PERFEITOS

Dentes perfeitos dependem da combinação escova, pasta de dente e fio dental. Uma boa alimentação contribui e muito para ter dentes e gengivas saudáveis.

Sem título-10
Confira algumas dicas sobre alimentos que são aliados para uma melhor saúde bucal:

  1. Alimentos fibrosos
    A mastigação de alimentos ricos em fibras, além de contribuir para a saúde gastrointestinal, tem a capacidade de promover a autolimpeza dos dentes. Eles também evitam a formação de placa bacteriana, a causadora de cáries e gengivite. São alimentos fibrosos: maçã, cenoura, kiwi, acelga, pera, entre outros.
  2. Cálcio
    Assim como o cálcio é essencial para garantir ossos fortes e saudáveis, ele também é fundamental para os dentes. O nutriente é parte da composição dos dentes – garante a eles uma boa saúde, principalmente durante a formação. Apesar de ser encontrado mais facilmente no leite e derivados, ele também está presente nas folhas verdes escuras, como a couve.
  1. Água
    O consumo de água, com gás ou não, é importante para eliminar detritos, açúcares e ácidos. Além disso, a água das grandes cidades é fluoretada, que reforça a resistência do esmalte do dente.
  2. Vitamina D
    A vitamina D atua na absorção dos minerais cálcio e fósforo do nosso organismo e são relacionados à formação óssea. Essa influência também aparece na arcada dentária, na qual a vitamina D ajuda na fixação do cálcio nas bases ósseas e dos dentes. Alimentos como ovos, peixes, leite e derivados são ricos em Vitamina D.
  3. Vitamina C
    A falta de vitamina C causa o sangramento das gengivas e diminuição da massa óssea, o que pode levar a perda dos dentes se não for tratada. Porém, os especialistas não aconselham o consumo exagerado de alimentos ricos nessa vitamina, como a laranja e o abacaxi, pois eles causam desmineralização e deixam o dente mais poroso.

A Gengivite nada mais é do que a inflamação da gengiva e os principais sintomas incluem gengivas vermelhas, inchadas e sensíveis que podem sangrar durante a escovação ou com o uso do fio dental. No estágio inicial da doença da gengiva, os danos podem ser revertidos, uma vez que o osso e o tecido conjuntivo que segura os dentes no lugar ainda não foram atingidos. Entretanto, se a gengivite não for tratada, ela pode evoluir para uma periodontite e causar danos permanentes aos dentes e sua estrutura óssea como mobilidade e perda dos dentes.

O tratamento consiste em reduzir a inflamação. Uma higiene cuidadosa é necessária após a limpeza dentária profissional. Seu dentista irá mostrar como escovar e usar o fio dental, além de indicar se necessário enxaguantes bucais antibacterianos.

Fonte : Unimed Odonto