Tratamento de osteoporose reduz doenças dentárias na menopausa !!!

Tratamento de osteoporose que faz uso de estrogênio se mostra eficaz na redução de doenças dentárias e gengivais em mulheres pós-menopausa.

A terapia com estrogênio é frequentemente realizada para ajudar as mulheres a gerir uma série de questões relacionadas com a menopausa, incluindo a redução das ondas de calor, melhorar a saúde do coração e densidade óssea, e manter os níveis de satisfação sexual. Agora, um novo estudo sugere que a mesma terapia de estrogênio usada para tratar a osteoporose pode realmente repercutir em dentes e gengivas mais saudáveis. Os resultados do estudo estão sendo publicados on-line hoje no Menopause, o jornal da Sociedade Norte-americana de Menopausa (NAMS).

Fonte: Dental Press

Nova bactéria bucal é associada ao câncer de esôfago.

Pesquisas anteriores mostraram que vários tipos de bactérias bucais contribuem para o desenvolvimento de cânceres como: câncer de cólon, câncer pancreático e câncer esofágico.

Pesquisas anteriores mostraram que vários tipos de bactérias bucais contribuem para o desenvolvimento de cânceres como: câncer de cólon, câncer pancreático e câncer esofágico. Um novo estudo de pesquisadores japoneses sugeriu agora que outro patógeno comumente encontrado na cavidade oral, Fusobacterium nucleatum, pode estar relacionado ao desenvolvimento de câncer de esôfago.

Foi recentemente relatado que o F. nucleatum, que também é conhecido por causar doença periodontal, foi frequentemente detectado no tecido do cancro do cólon e que pode ter um efeito sobre o desenvolvimento de cancro colorectal. Isso levou os pesquisadores da Universidade de Kumamoto no Japão a suspeitar que o F. nucleatum também pode desempenhar um papel importante na causa do câncer esofágico, devido à proximidade da cavidade oral ao esôfago. O estudo, intitulado “Microbiome Humano Fusobacterium Nucleatum em Esophageal Cancer Tissue está associado com prognóstico” foi publicado online no Clinical Cancer Research Journal.

Usando PCR em tempo real (reação em cadeia da polimerase), eles avaliaram o DNA do tecido canceroso de 325 pacientes que foram submetidos a cirurgia para remover o câncer esofágico no Hospital Universitário de Kumamoto. Eles descobriram que 74 dos 325 pacientes (quase 23%) tinham F. nucleatum em seu tecido com câncer. Os pesquisadores compararam o tempo de sobrevivência após a cirurgia de pacientes cujos tecidos de câncer esofágico deram positivo para F. nucleatum com aqueles com tecido que não deram positivo.

Os pesquisadores descobriram que o grupo com F. nucleatum em seu tecido tinha significativamente menor tempo de sobrevivência. Além disso, o número de genes de quimiocinas específicas – proteínas relacionadas ao transporte de glóbulos brancos – foi aumentado em pacientes com F. nucleatum, o que leva a um comportamento mais agressivo do tumor. “Este estudo sugeriu que a bactéria da cavidade oral F. nucleatum pode estar envolvida no desenvolvimento e progressão do câncer esofágico através de quimiocinas”, disse o autor principal do estudo, Hideo Baba do Departamento de Cirurgia Gastroenterológica da Universidade. “Deve-se notar que ainda é desconhecido se F. nucleatum em si causa câncer esofágico”, acrescentou. No entanto, ele e seus co-autores sugerem que F. nucleatum pode ser um potencial biomarcador prognóstico para câncer de esôfago. “Em pesquisa futura, depois de elucidar o papel do F. nucleatum no desenvolvimento do câncer esofágico com mais detalhes, devemos ser capazes de desenvolver novos medicamentos para melhor tratar esta forma de cancro”, concluiu Baba.

Fonte: Dental Press

Cuidado com clareamento e facetas oferecidas pela internet !!!

Para fazer clareamento dental  sempre procure um profissional especializado que é o Dentista pois o mesmo feito sem uma orientação pode causar danos irreversíveis aos seus dentes como por exemplo sensibilidade para o resto da vida.

No caso de facetas ou lentes de contato dental as mesmas necessitam de um pequeno desgaste no dente no qual é feito sobre medida; e não simplesmente um tratamento que pode ser feito em casa colando de qualquer maneira o que pode ocasionar disfunção mandibular e desarmonia de toques levando a dores , desgastes e movimentação dental